Veja como o Stage ajuda a proteger WordPress de ataques

Saiba como a resiliência organizacional é importante no marketing
janeiro 22, 2021
conheça e aumente as conversões
janeiro 27, 2021
Show all

Veja como o Stage ajuda a proteger WordPress de ataques

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Ao criar um site em WordPress, é comum que as suas expectativas de sucesso aumentem, afinal, é um dos maiores CMS do mundo. Considerando que o site é o principal canal na estratégia de Marketing Digital, é natural que você espere crescimento nos seus resultados de negócio. Por isso, é essencial saber, também, como proteger o WordPress de ataques.

Imagine a situação: você se dedica inteiramente para criar um site incrível em todos os sentidos: navegabilidade, layout, conteúdo, tudo para proporcionar uma ótima experiência para o seu público. Até que um dia, ao acessá-lo, você descobre que um hacker deletou todos os seus arquivos.

Terrível pensar nisso, não é mesmo? Por essa razão, produzimos este artigo voltado a mostrar como o Stage, solução desenvolvida pela Rock Content, pode proteger você desses ataques. Confira:

Vamos em frente?

Quais os perigos dos ataques para seu site WordPress?

Mesmo que o seu site WordPress aparente estar bem e seguro, ele pode estar vulnerável a ataques de hacker. Apontamos, aqui, como eles podem acontecer.

Plugins

Um dos maiores benefícios do WordPress é o uso de plugins. A partir deles, é possível atribuir praticamente qualquer funcionalidade ao site, a fim de otimizar a experiência de navegação e trazer resultados para o seu negócio.

Porém, os plugins instalados devem ser de total confiança, de preferência, desenvolvidos por empresas conceituadas no mercado. Usar um plugin de origem duvidosa pode ser a porta de entrada para invasores.

Temas

Os temas representam outra característica vantajosa do WordPress. Eles permitem que o site tenha a cara que você quer, a partir de uma instalação rápida e simples, na maioria dos casos.

No entanto, é preciso estar atento à forma de aquisição do tema para não deixar o seu site vulnerável a ataques. Para isso, recomendamos que você não use templates piratas. Baixá-los de fontes não-confiáveis com a finalidade de poupar alguns dólares pode ser fatal para o seu site.

Afinal, os temas disponíveis em meios piratas podem vir com malwares intencionados a atacar o seu site.

Cross-site scripting

Cross-site scripting (ou simplesmente XSS) é o nome atribuído a uma vulnerabilidade de segurança encontrada em sites. A partir dele, os invasores injetam scripts maliciosos nas páginas, o que pode, até mesmo, permitir o controle de acesso do painel administrativo.

Um caso recente envolvendo XSS ocorreu no último trimestre de 2020, quando um grupo de hackers explorou falhas em links compartilhados no Facebook.

Versões desatualizadas do WordPress

A atualização do WordPress é necessária para se certificar de que as funcionalidades do site continuam operando da forma correta, o que inclui plugins e temas. Sites quebrados, por exemplo, são uma queixa bem comum de pessoas que não instalam as atualizações do CMS.

Além disso, não fazê-lo também reduz a segurança do seu site, pois cada vez que o WordPress é atualizado, correções de falhas recentes também são adicionadas. Logo, se o seu site ficar de fora, poderá ser prejudicado.

Plataforma de hospedagem

A escolha do servidor de hospedagem é um dos primeiros passos fundamentais durante o processo de criação do seu site. Para isso, certifique-se, a partir de contato com a empresa e pessoas que o utilizem, de que é realmente seguro.

Plataformas que não contam com protocolos robustos de segurança acabam deixando os sites hospedados nela suscetíveis a ataques, ponto sobre o qual falaremos a seguir.

Quais são os tipos de ataques mais comuns?

Agora que você sabe como seu site pode ser atacado, vejamos quais são os principais tipos de ataques.

Ataque de força bruta

O ataque de força bruta corresponde a uma série de tentativas de tentar violar o nome de usuário e senha do seu site no WordPress. Apesar de antigo, ainda é um método bastante utilizado por hackers.

Quando um site é muito visado em termos de invasão, essas tentativas são feitas todos os dias e podem levar, até mesmo, anos para que os invasores consigam fazer a violação.

Injeção de SQL

A injeção de SQL é uma ameaça que tira proveito das falhas em sistemas que têm integração com bases de dados a partir de comandos SQL. Isso significa que uma pessoa que faz uso desse tipo de ataque consegue captar dados mantidos no banco do seu servidor. O banco de dados reúne todas as informações do seu site, por isso, uma ameaça a ele é danosa.

Malware

Malwares são softwares maliciosos que são instalados de forma involuntária nos sites. Para que isso seja feito, os hackers usam diversas formas que disseminam malwares em um sistema.

Uma delas é o phishing, cuja prática é comumente vista em emails. Ao se passar por uma empresa confiável, o hacker convence o usuário a baixar um arquivo contendo o vírus que infecta a máquina.

Até mesmo usuários com mais experiência digital podem cair nessa armadilha, vide o caso do jogo Cyberpunk 2077. Nele, cibercriminosos enviaram um email falso para produtores de conteúdo, convidando-os a baixar uma versão antecipada do game. Como resultado, eles tiveram seus canais online hackeados.

Ataque DDOS

O DDOS é um tipo de ataque que tem uma função específica: derrubar o seu site. Sabe quando você se depara com a tela de erro 500? Isso acontece quando o servidor fica tão sobrecarregado de visitas que acaba caindo por alguns momentos.

O ataque DDOS funciona da mesma forma: hackers coordenam diversos computadores ou servidores que sobrecarregam a capacidade de um site, até deixá-lo lento ou derrubá-lo.

O que uma hospedagem de WordPress segura deve ter?

Para ter certeza de que o servidor de hospedagem contratado tem o mínimo necessário para a sua segurança, confira se sua oferta inclui certificado SSL, WAF e tecnologia de segurança dedicada.

Certificado SSL

O certificado SSL é essencial para os sites, pois faz com que a navegação neles seja segura. Para identificar se tem o certificado, basta observar se a sua URL começa com HTTPS e se existe um cadeado fechado ao lado dela na barra de endereço.

Além de o certificado garantir ao visitante que ele pode navegar e inserir dados pessoais (caso precise) sem preocupação, ter o SSL também é um dos critérios usados pelo Google para indexação nos resultados de busca.

WAF

WAF é a sigla de Web Application Firewall, ou seja, é um programa voltado a monitorar, filtrar e bloquear o tráfego HTTP. Ao fazer isso, ele evita ataques que explorem vulnerabilidades como cross-site scripting e injeção de SQL, que mencionamos anteriormente.

Tecnologia voltada para segurança

Por fim, é preciso que a plataforma escolhida para a hospedagem tenha uma estrutura tecnológica voltada para a segurança do seu site, tal como ocorre no Stage, que mostraremos a seguir.

Como o Stage ajuda a proteger o WordPress de ataques?

O Stage é a solução desenvolvida pela Rock Content para a sites e blogs em WordPress com foco em resultados. Para tornar isso possível, contamos com uma equipe de profissionais com conhecimentos plenos de WordPress, a ponto de prover prevenção de ataques, conforme explicamos abaixo.

Atualização do WordPress

Para que o seu site continue funcionando adequadamente dentro do WordPress, é necessário que as atualizações estejam em dia. Toda vez que uma atualização é disponibilizada na plataforma, aparece um aviso na parte superior do seu dashboard, o que indica que ela precisa ser feita manualmente.

No entanto, no Stage, você não precisa se preocupar com isso, pois basta solicitar ao time de suporte que faça a atualização do WordPress do seu site.

Serviço de cache em CDN

O cache é um espaço usado pelos navegadores para armazenar arquivos estáticos do site. Por isso, é importante fazer a limpeza dele sempre que for necessário.

No Stage, esse serviço é realizado no CDN, o que faz a latência ser reduzida durante o armazenamento de cópias dos arquivos em cache ou mesmo em local de armazenamento temporário. Isso faz com que o site seja acessado de forma rápida.

Execução semanal de antivírus

Como citamos anteriormente, ataques de vírus podem acontecer por meio de scripts maliciosos, o que torna necessária a execução periódica do antivírus. Embora em alguns casos esse procedimento precise ser feito manualmente pelo usuário, no Stage é diferente.

Toda semana, o antivírus é executado com a intenção de checar qualquer tipo de vulnerabilidade que permita uma invasão, como desatualizações, uso de plugins ou temas piratas e senhas fracas.

Assim que uma ameaça é detectada, o Stage gera um relatório com a finalidade de mostrar quais arquivos do site estão infectados e o que deve ser feito por você para resolver esse problema.

Protocolos de segurança

Outro ponto do Stage que trabalha a favor da segurança do seu site é a geração de protocolos de segurança. Por exemplo: o WordPress sempre recomenda o uso de senhas fortes, pois ao escolher uma combinação fraca, seu site fica vulnerável a uma série de tentativas de login feitas por invasores.

Para evitar que isso aconteça, o Stage bloqueia o login feito por um IP após três tentativas erradas seguidas. Além disso, o protocolo do Stage também inclui backup no WordPress. Para tê-lo a qualquer momento, basta pedir à equipe de suporte.

Atendimento técnico

Caso você precise de uma orientação mais específica referente à segurança ou qualquer outro assunto relacionado ao seu site, o Stage conta com um atendimento técnico que, dependendo do plano contratado, pode ser feito por chat, email ou telefone. O nível técnico se deve ao fato de que ele é destinado a analisar e apresentar soluções para o problema que você tiver num prazo máximo de 24 horas (de segunda a sexta-feira).

Aliás, agora que você viu neste conteúdo de que forma o Stage pode proteger WordPress de ataques, que tal conferir o que mais podemos fazer pelo seu site?

A equipe do Stage conta com consultores especializados no CMS e que explicam de forma personalizada como aumentar a performance do seu site. Veja como funciona!



Fonte



Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


Lima & Santana Propaganda

Os comentários estão encerrados.