Inflação exorbitante no preço do gel de mãos é novo efeito nos EUA
março 7, 2020
Assistente de Publicidade – Vaga de emprego em www.trabalhando.com
março 8, 2020
Show all

o que é e como se tornar uma

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Um cliente que direciona suas demandas de marketing e comunicação a uma agência espera resultados. Sempre foi assim, mas não é em todo caso que esse retorno chega de maneira ágil. Além disso, agências tradicionais têm um trabalho maior de desenvolvimento, no entanto, o mercado sente a necessidade de um modelo diferente, o que gerou o surgimento da agência de performance.

Esse modelo de prestação de serviços tem o foco em crescimento direcionado a canais, com maior participação em estratégias de amplo alcance de retorno dinâmico. Naturalmente, o trabalho é muito mais agressivo e ativo, sendo menos voltado para o desenvolvimento da marca e a incursão gradativa no mercado.

O caminho da performance tem sido uma escolha interessante para muitas agências que tentam se destacar com uma oferta diferente de atuação. Neste post falaremos um pouco mais sobre como funciona esse modelo de negócio, como ele se diferencia e qual é o passo a passo para realizar uma transição.

Neste conteúdo você vai encontrar os seguintes tópicos:

Continue lendo e confira!

O que é agência de performance?

A agência de performance é um modelo de prestação de serviços de marketing e comunicação focado no crescimento da empresa e na entrega de resultados concretos.

A ideia é ter um nível de aplicação maior, com mais intensidade e, consequentemente, com um retorno mais rápido que possa ser comprovado em métricas, conversões e ampliação do alcance de público.

Uma das características mais importantes que devem ser destacadas nesse modelo de agência é justamente a continuidade do trabalho. Não basta desenvolver campanhas e ações; nesse tipo de atuação a agência mantém o suporte, monitorando métricas e indicadores, e trabalhando de maneira intensa e contínua para conquistar retornos ainda mais poderosos para o cliente.

Um ótimo paralelo a ser traçado é a comparação com um laboratório. A agência de performance tem o cliente como foco total, trabalhando o tempo todo para conquistar ganhos que são definidos a partir de metas e objetivos. Para garantir isso, há um trabalho de acompanhamento mais intenso do que o normal, não apenas idealizando, mas garantindo o sucesso das ações.

Métricas têm grande valor nesse modelo

A agência de performance está diretamente ligada ao trabalho de marketing de performance. A propósito, só se sabe se o desempenho das ações é positivo se a mensuração for possível. A partir disso, fica mais fácil entender que as métricas são simplesmente fundamentais para agências que trabalham com a garantia de entregar desempenho concreto e mensurável.

Clientes que entregam suas contas a esse tipo de negócio esperam relatórios detalhados e métricas claras, se possíveis já analisadas, que atestem o resultado positivo do trabalho.

Sendo assim, um dos grandes pilares das agências de performance é o monitoramento de resultados de maneira contínua, já que isso também permite mudar estratégias a favor de melhorias no desempenho.

Qual é a diferença entre uma agência de performance e as outras agências?

Um dos modos mais didáticos de entender como funciona uma agência de performance é compará-la com uma do modelo tradicional. Por mais que ambas prestem serviços no mesmo segmento, há muitas diferenças na forma como elas lidam com as demandas.

Além disso, a agência de performance também tem um nível de envolvimento maior, com uma dedicação muito mais intensa. Não significa que as agências tradicionais não estejam engajadas com o cliente, no entanto, quando falamos de performance, estamos associando diretamente o trabalho a uma postura de maior acompanhamento e intensidade.

Confira a seguir alguns pontos que ajudam a entender mais sobre como funciona uma agência de performance a partir da comparação de seu modelo de serviço com o de uma empresa comum.

Engajamento com o cliente

Qualquer agência tem um alto nível de engajamento com o cliente, mas há diferentes formas de se dedicar ao trabalho. Uma agência comum desenvolve marcas, faz pesquisas de mercado, planeja campanhas e cuida de uma série de outras demandas, mas nem sempre ela está monitorando resultados o tempo todo, o que é muito comum, já que é ampla a quantidade de obrigações.

Já a agência de performance tem uma atuação mais específica, atuando com uma dedicação total, integral e contínua em relação às ações que são desenvolvidas para seus clientes.

O papel desse modelo de negócio é justamente fazer esse monitoramento de métricas e indicadores ininterruptamente, o que vai garantir o alcance das metas. Na prática, é assim que se garante a performance como foco!

Foco na marca

Agências tradicionais têm foco na criação, no desenvolvimento e na manutenção da marca e de ações que ajudem a fortalecer sua identidade junto ao público. Na teoria, se trata do trabalho de branding, tão necessário e tradicional. No entanto, quando falamos de performance é necessário ir além, já que o entendimento é de que a marca em questão já tem uma imagem concreta.

Diante disso, a agência de performance é mais voltada a empresas que desejam ter menos foco na marca e mais dedicação às campanhas e ações que vão possibilitar desempenho, principalmente na web. Consequentemente, a atuação também impacta a marca de forma positiva, mas a ideia não é só criar campanhas de valorização e de aproximação, mas sim alcançar resultados.

Criação

A criação não é um dos fortes da agência de performance, simplesmente porque esse não é o foco. A ideia é justamente saber o que fazer com o que foi criado, ou seja, conduzir campanhas e ações da mesma forma para que elas alcancem o máximo desempenho. Esse trabalho é justamente o que requer a dedicação integral e contínua que temos falado neste post.

Em contrapartida, uma agência tradicional tem a criação como seu principal foco, sempre agregando valor à marca e garantindo que ela se mantenha forte diante do público. No entanto, é a partir dessa perspectiva que muitas empresas acabam ficando insatisfeitas com as agências, uma vez que nem sempre têm os resultados, muitas vezes por não entenderem o papel do prestador.

Rotina de trabalho

A rotina de trabalho, de uma percepção geral, também é diferente em cada um desses modelos de agência. Na prática, começando por uma agência tradicional, sua atuação basicamente é:

  • criação de identidade visual;
  • segmentação de audiência;
  • pesquisas com clientes;
  • campanhas de lançamento de produtos;
  • pesquisa de mercado;
  • desenvolvimento de campanhas;
  • branding.

Já uma agência de performance atua de forma diferente, com foco em:

  • otimização em SEO;
  • campanhas de email marketing;
  • campanhas em analytics;
  • gestão de mídias sociais;
  • mensuração de campanhas, sites e blogs;
  • campanhas de links patrocinados
  • campanhas de qualificação de leads.

Quais são os benefícios de se estruturar como agência de performance?

Cada vez mais cresce o interesse em se estruturar como uma agência de performance, mas será que realmente vale a pena realizar essa transição e mudar toda a atuação? Há razões que podem direcionar essa decisão para o lado positivo. Conheça as principais a seguir!

Entregar resultados de forma rápida

Empresas estão em busca de resultados mais rápidos que provem que os investimentos no trabalho da agência têm valido a pena. Acontece que nem sempre essa pressa faz sentido, no entanto, uma agência de performance pode ter essa exigência como algo positivo. O trabalho nessa questão é realmente mais ágil, ou sejam é possível entregar exatamente o que o cliente procura.

Atender às demandas atuais do mercado

O trabalho com campanhas de alto desempenho também é uma realidade atual, ou seja, as empresas sabem que podem ter sites rankeando melhor e campanhas de email marketing com amplo alcance, além de outras possibilidades. Dessa forma, cresce muito a demanda por uma agência de performance, o que justifica um movimento de transição do negócio.

Ter maiores possibilidades de mensuração

Trabalhar nesse modelo também exige atuar com a mensuração de absolutamente todas as ações planejadas para um negócio. A agência consegue ter um acompanhamento qualificado do trabalho que vem fazendo, o que permite melhorar e continuar alcançando resultados. Assim os clientes estarão sempre satisfeitos!

Quais são os 3 passos para se tornar uma agência de performance?

Você se interessou pela possibilidade de ter uma agência de performance? É possível realizar essa transição em um processo responsável, organizado e que realmente dê origem a um negócio pronto para atender às necessidades dos clientes. Veja os 3 passos fundamentais nessa mudança de postura do negócio.

Defina sua identidade

É preciso deixar claro que, a partir da mudança, o foco da agência será o desempenho. Mais do que internamente, é importante também saber reposicionar a empresa no mercado, de modo que clientes consigam entender o que será entregue a eles. Só assim a agência poderá competir com outras prestadoras de serviços do setor que também tenham esse foco.

Realize uma pesquisa de mercado

É importante realizar uma pesquisa de mercado para saber como funcionam as agências que serão suas concorrentes. Montar um organograma para o novo modelo de atuação e estruturar processos internos pode ser difícil se você não conhecer bem esse tipo de empresa. Sendo assim, uma pesquisa aprofundada é importante para se enquadrar bem à nova realidade.

Treine seu time

Os colaboradores precisam entender que suas obrigações na rotina da agência mudarão bastante, por isso é fundamental prepará-los. Montar uma equipe de sucesso passa por dar todo suporte para que ela esteja capacitada, principalmente em uma transição de modelo de negócio. Gerenciar e coordenar a equipe é uma das demandas mais importantes para adotar a performance.

Novas abordagens sempre movimentam o mercado, mas é importante entender em detalhes o que isso significa tanto para a empresa quanto para os clientes. O conceito de agência de performance é muito relevante, podendo ser uma ótima perspectiva de atuação, desde que a transição seja feita da maneira certa.

Aproveitando o assunto, continue aproveitando materiais relacionados e confira nosso ebook sobre gestão de agências!

Guia completo de Gestão para Agências



Fonte



Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


Lima & Santana Propaganda

Os comentários estão encerrados.