o que é e como fazer uma transmissão ao vivo?

Estudo de mercado da Publicidade on-line até 2023 contém oportunidades, desafios, principais empresas e regiões – Minho Diario
abril 1, 2020
Jason Kilar Nomeado CEO da WarnerMedia
abril 2, 2020
Show all

o que é e como fazer uma transmissão ao vivo?

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

O que você faz para aumentar o alcance da sua empresa na internet? A diversidade de técnicas oferecidas pelo Marketing Digital possibilita a utilização de diferentes estratégias, muitas vezes de forma combinada.

Em todos os casos, a produção de um conteúdo cativante é fundamental para consolidar a relação com o público.

Percebendo a efetividade dessa abordagem, cada vez mais empresas disputam espaço nas principais redes da internet, o que aumenta a necessidade de diversificar os canais nos quais o seu conteúdo é exibido.

Uma das grandes tendências atuais é o YouTube Live, plataforma que vem se mostrando uma excelente forma de engajar o público e gerar leads.

Quer saber mais sobre a ferramenta e entender como utilizá-la a seu favor? Ao longo deste artigo, você vai entender:

Continue a leitura!

O que é YouTube Live?

Você se lembra do Hangouts On Air? O serviço era integrado ao YouTube e permitia a transmissão de conferências em vídeo para inúmeros espectadores.

Antes de sua descontinuação, em meados de 2016, era muito utilizado em estratégias de Marketing de Conteúdo, especialmente para a realização de webinars.

Em seu lugar, o Google anunciou o lançamento do YouTube Live. Assim como a antecessora, a ferramenta possibilita transmissões em tempo real direcionadas aos assinantes do seu canal.

Transmissão ao vivo no Youtube

Além disso, ao fim da live, o conteúdo é automaticamente disponibilizado para ser assistido ilimitadamente.

Por que fazer uma transmissão ao vivo no YouTube Live?

A criação de conteúdo em vídeo é fundamental para o sucesso da sua empresa na internet. Quem diz isso não somos nós, mas sim os números. De acordo com uma pesquisa realizada pela Optinmonster, uma estratégia de vídeo marketing tem o poder de aumentar em 54% o alcance da marca.

Somado a isso, o senso de urgência e de exclusividade gerado por transmissões ao vivo faz do YouTube Live uma ferramenta extremamente benéfica para o seu relacionamento com a persona.

Trata-se da oportunidade de realizar uma espécie de seminário para um público segmentado, sem restrição de espectadores.

Contudo, não há uma regra para o tipo de transmissão ao vivo. Você pode usar o recurso para apresentar um serviço, testar um novo produto, anunciar promoções ou falar sobre qualquer outra coisa que mantenha o engajamento da audiência e seja benéfica para a empresa.

Durante as transmissões, a plataforma disponibiliza uma caixa de comentários para os espectadores. Dessa forma, eles podem interagir com o realizador da live, que, por sua vez, tem a chance de se aproximar ainda mais dos clientes em potencial.

Chat ao vivo Youtube

Nem precisamos falar como isso facilita a geração de leads qualificados, não é?

Com tantas vantagens oferecidas, deixamos o melhor para o final. Realizar uma transmissão ao vivo no YouTube Live é uma tarefa de baixo custo e alta facilidade.

Nos próximos tópicos, você vai aprender a realizá-la, seja pelo computador, seja pelo celular. Acompanhe!

Como monetizar sua live no YouTube?

Embora esse seja um objetivo mais difícil de ser alcançado para canais que ainda estão em ascensão, é possível monetizar diretamente a partir de suas lives no YouTube.

Para fazer isso, o canal deve fazer parte do YouTube Partner Program, que tem os seguintes como pré-requisitos:

  • respeitar as políticas da rede;
  • viver em uma região coberta pelo programa de parceria;
  • contar com mais de 4.000 horas assistidas nos últimos 12 meses;
  • ter mais de 1000 assinantes;
  • contar com uma conta no AdSense.

Basicamente, existem 4 caminhos que podem ser percorridos para garantir a monetização:

  • disponibilização de espaço para propagandas no vídeo;
  • cobrança de pagamentos dos seguidores em troca de materiais especiais;
  • oferecimento de artigos para venda que podem ser comprados diretamente em sua página;
  • uso do Super Chat, em que seguidores pagam para ter suas mensagens postas em evidência durante a live;

O que verificar antes do início da transmissão?

Independentemente do equipamento utilizado para a transmissão da live, é fundamental que você esteja preparado para realizá-la sem problemas.

Primeiro, você precisa verificar sua conta, o que você já deve ter feito se já postou vídeos de mais de 15 minutos.

Depois, verifique se o seu canal não tem nenhuma restrição para realizar transmissões ao vivo. É que a rede suspende por 90 dias as transmissões de contas que violam suas políticas de uso.

Se você segue todas as regras de utilização do YouTube, não deve ter problemas com isso.

É fundamental, também, programar com antecedência sua transmissão. Além de facilitar sua própria organização, um planejamento bem estruturado dá tempo suficiente para que seu empreendimento desenvolva uma estratégia de marketing para gerar expectativa sobre a live.

Para gerar essa curiosidade e manter a data e horário do evento na cabeça dos seus seguidores, uma boa prática é fazer uso de diferentes redes sociais.

Posts no Twitter e no Instagram, por exemplo, são excelentes para “vender” a transmissão, apresentando o valor que o consumidor pode tirar dela.

Se você tem mais de 1000 seguidores, ganha outra opção forte para engajar com o seu público nos dias que precedem a live.

Trata-se da “community tab”, que nada mais é que um espaço em que o dono do canal pode publicar posts e deixar que os seguidores interajam, seja mandando mensagens e participando da discussão, seja com curtidas.

Como fazer a transmissão ao vivo no celular?

Facilidade e baixo custo. Esses são os benefícios que apontamos como principais para o YouTube Live. Portanto, nada mais justo que começar explicando como realizar todo o processo utilizando um equipamento que você provavelmente já tem: o smartphone.

Os recursos e funcionalidades do YouTube Live para celular são rigorosamente idênticos aos encontrados em desktops.

A vantagem é que o aparelho, geralmente, já conta com uma câmera qualificada para a transmissão. Em alguns casos, porém, é válido investir em microfones mais potentes.

Para iniciar a live, acesse o aplicativo do YouTube em seu celular. Se você ainda não tem ele instalado, faça o download gratuitamente por meio da App Store, em iPhones, ou do Google Play, em Androids.

Com o app aberto, clique no ícone em formato de câmera. Na próxima tela, selecione “transmitir ao vivo”.

Após o clique, o aplicativo vai pedir algumas informações sobre a transmissão. Esse é o momento em que você define o título do vídeo e o tipo de privacidade. É possível, ainda, utilizar o GPS do seu dispositivo para informar sua exata localização no momento da live.

Tanto em suas redes sociais, quanto em sua aba de discussão, é importante que você lembre e encoraje a audiência a ativar um alerta avisando sobre o anúncio da transmissão.

Como explorar os recursos da transmissão?

Depois de definir o título e as preferências de privacidade, selecione “mais opções.” Ali, você pode adicionar uma descrição para a live. É interessante utilizar um texto curto e informativo, a fim de atrair seus seguidores para o vídeo.

Além disso, não deixe de utilizar hashtags pertinentes à sua persona.

No próximo passo, clique em configurações avançadas. A página que será aberta vai permitir que você escolha se a live contará com um chat ao vivo ou não.

Na maioria dos casos, permitir que os visualizadores postem mensagens durante a transmissão é uma excelente forma de gerar engajamento.

Além disso, é nessa página que você deve indicar se o vídeo terá restrição de idade ou se é patrocinado por algum parceiro.

Com os ajustes realizados, avance para a próxima etapa. Feito isso, o aplicativo vai lançar uma contagem regressiva de três segundos para, então, capturar a imagem que será utilizada como capa da transmissão.

Então, é só clicar em compartilhar e espalhar a notícia sobre a live em suas redes sociais. Quando estiver tudo pronto, basta clicar em “transmitir ao vivo” e a live será iniciada automaticamente.

Como fazer a transmissão ao vivo no computador?

Não são todos os computadores que contam com uma webcam e um sistema de som adequados para a realização de uma transmissão ao vivo.

Assim, o primeiro passo que você deve dar é verificar a presença e a qualidade dessas funcionalidades em seu dispositivo para, se preciso, investir em melhorias.

Aqui, vale lembrar que a qualidade da transmissão é determinante para o seu sucesso. Afinal, imagens pixeladas e áudios distorcidos funcionam como um verdadeiro repelente de espectadores, já que, assim que notam baixa qualidade, eles tendem a abandonar a live.

Depois de cuidar de questões de hardware, é preciso garantir que o software utilizado suporta a realização da live. De acordo com a página de suporte do Google, seu computador deve contar com um dos seguintes sistemas operacionais:

  • Windows 7 ou superior;
  • Mac OS X 10.7 ou superior;
  • Ubuntu 10+ ou superior.

Outro ponto importante é o browser a ser utilizado. Portanto, garanta que você tenha uma das últimas versões do Google Chrome, Microsoft Edge, Firefox ou Safari.

Em termos de conexão, é importante contar com uma internet qualificada, a fim de evitar interrupções ou quedas de transmissão.

Assim, se sua intenção for transmitir um vídeo com resolução 4K, é preciso ter acesso a uma conexão de, no mínimo, 20 Mbps. Para uma resolução HD 1080p, o mínimo é 5 Mbps, enquanto um vídeo HD 720p exige pelo menos uma velocidade de 2,5 Mbps.

Como iniciar a transmissão?

Depois de verificar todos os aspectos citados no último parágrafo, vá até o site do YouTube, clique no ícone da câmera e selecione a opção “transmissão ao vivo”. A partir desse ponto, o processo é muito similar ao executado por meio de um smartphone.

O site vai abrir uma janela para solicitar a nomeação da transmissão. É crucial que o título seja elaborado de forma chamativa para a persona, deixando claro o tipo de conteúdo que será abordado.

Na mesma página, você pode selecionar as configurações de privacidade do vídeo. São três opções:

  • pública: para todos os usuários da plataforma;
  • privada: direcionada apenas aos usuários que têm o link da transmissão;
  • particular: que fecha a transmissão apenas para você.

Ao clicar em “mais opções”, você pode definir uma descrição para o vídeo e selecionar a categoria mais adequada para ele. Além disso, você deve selecionar manualmente a câmera e o microfone que serão utilizados.

Para definir se os comentários serão abertos ou fechados aos espectadores, selecione “configurações avançadas”. Lá também é possível bloquear o acesso de usuários de determinadas faixas etárias e indicar se a transmissão é paga.

Se houver o endosso de algum produto ou serviço, é obrigatório informar isso ao YouTube.

Com tudo feito, volte à página anterior e clique em “próxima”. O YouTube vai iniciar a contagem regressiva de três segundos e tirar uma foto utilizando a câmera indicada por você. A imagem será utilizada como capa da transmissão, por isso, dê muita atenção a essa etapa.

A tela seguinte permite o compartilhamento da live por meio de links ou redes sociais. Quando você estiver preparado, selecione “transmitir ao vivo”. Pronto, você está no ar!

O que fazer depois da transmissão?

Bem, se tudo deu certo, você conseguiu gerar expectativa no público, contou com uma audiência razoável e utilizou a live para passar informações relevantes para a persona. Contudo, não pense que acabou.

Para tirar maior proveito desse recurso, é importante tomar algumas medidas após o fim da transmissão.

Lembre-se que a live pode ficar disponibilizada em seu canal, para que os usuários assistam quando quiserem. Por isso, é importante adequar seu calendário.

Procure não fazer novos uploads logo na sequência da transmissão, já que isso pode sobrecarregar aqueles que acompanham todos os seus conteúdos.

Uma opção interessante para reutilizar o material de forma criativa é editar o que foi gravado, destacando os momentos que você considera mais relevantes. O vídeo com os highlights pode contar com efeitos gráficos e sonoros, tornando a experiência mais lúdica.

Além disso, se você considera que abordou temas interessantes na transmissão, mantenha-os em relevância.

Utilize seus canais para promover discussões e até premiar pessoas que se engajaram com a transmissão. Além disso, soltar comentários que só podem ser entendidos por quem assistiu é uma forma de promover o sentimento de exclusividade, favorável ao marketing.

Realizar transmissões ao vivo no YouTube Live é uma excelente forma de estimular o engajamento do seu público e oferecer uma experiência qualificada.

O recurso é de uso simples e baixo custo, o que o torna completamente acessível. Planeje o que será abordado, siga as instruções apresentadas no texto e mãos à obra!

E aí, pronto para realizar sua transmissão ao vivo? O YouTube é uma ferramenta muito útil para sua estratégia de Marketing Digital. Por isso, aproveite também para conquistar mais resultados aplicando técnicas de SEO para Youtube!



Fonte



Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


Lima & Santana Propaganda

Os comentários estão encerrados.