João Doria aguarda julgamento para uso da marca SP Cidade Linda

Avianca faz show com Banda Eva em voo e dá início ao Carnaval 2018
fevereiro 9, 2018
Tiffany&Co elege brasileiro para a vice-presidência das Américas
fevereiro 9, 2018
Show all

João Doria aguarda julgamento para uso da marca SP Cidade Linda

João Doria aguarda julgamento para uso da marca SP Cidade Linda
Divulgação

Armazém para locação em Santos – O Tribunal de Justiça negou à Prefeitura de São Paulo a suspensão de tutela de urgência no processo que impede o órgão público de usar a marca Cidade Linda. Segundo o processo, a prefeitura está impedida de usar a marca “SP Cidade Linda ou qualquer outro símbolo, slogan, marca, logo, que não sejam o brasão e a bandeira oficiais assim definidos na Lei Orgânica do Município de São Paulo”.

Publicidade em Santos – A prefeitura entrará com novo recurso, segundo nota da Secom (Secretaria Especial de Comunicação).

Propaganda em Santos – O prazo para cumprir a determinação é de 30 dias. A prefeitura havia entrado com o pedido de “suspensão dos efeitos da tutela de urgência”, com a alegação de que o cumprimento causaria “grave lesão à economia, à ordem pública e à ordem administrativa”.

Agência de Propaganda em Santos – O TJ entendeu, no entanto que o prazo de 30 dias é “mais do que suficiente para que a matéria seja reanalisada em segundo grau” e que por isso não há justificativa para que “o presidente do Tribunal antecipe-se ao verdadeiro juiz natural da causa em segunda instância”.

Portifolio – O processo ainda informa que “a decisão apenas afeta uma forma específica de fazer publicidade”, já que “não impede nem a prestação dos serviços públicos respectivos, nem a publicidade em si”.

Criação de Aplicativos em Santos – Leia na íntegra a nota da prefeitura:

Serviços Promocionais – “A Prefeitura entrará com novo recurso. Cabe ressaltar que a Procuradoria Geral do Município havia recorrido de forma excepcional à Presidência do Tribunal de Justiça contra a liminar que a obriga a retirar os símbolos do programa Cidade Linda, por entender que ela traria um custo muito elevado, sendo que se trata de uma decisão provisória, que poderá ser revertida brevemente. O presidente do TJ avaliou, no entanto, que o prazo de 30 dias para essa retirada, estipulado na própria liminar, é suficiente para que o caso seja apreciado pelo juiz natural do caso. Não houve, portanto, uma avaliação sobre o mérito da ação nem sobre a liminar propriamente dita, mas tão somente sobre o foro adequado para o recurso.”

Magia para empresa ganhar dinheiro urgenteLeia mais

Simpatia para atrair dinheiro e sorte para empresaCampanha SP Cidade Linda está proibida pela Justiça

Gerenciamento de redes sociaisBanheiros móveis em feiras livres serão integrados ao mobiliário urbano de SP

O post João Doria aguarda julgamento para uso da marca SP Cidade Linda apareceu primeiro em Lima & Santana Propaganda.

Os comentários estão encerrados.