Entenda como os muros das comunidades geram cestas básicas para as favelas

8 Internal Communication Tools That Assist Your Team
abril 17, 2021
The Main Marketing Roles and Titles Available to Marketers
abril 17, 2021
Show all

Entenda como os muros das comunidades geram cestas básicas para as favelas

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Desentupidora em Santos – Desde o início da pandemia, empresas, ONGs e a sociedade civil fizeram doações para auxiliar a população mais atingida pela crise sanitária e econômica. Segundo o Monitor das Doações Covid-19, organizado pela Associação Brasileira dos Captadores de Recursos (ABCR), as doações já totalizaram 6,5 bilhões de reais.

Criação de Site – Porém, no início deste ano, momento mais crítico da pandemia, o volume de doações não está acompanhando o avanço da doença no país e estagnou.

Criação de Aplicativos em Santos – Nesse cenário, líderes comunitários, ONGs e pessoas envolvidas com as favelas mobilizam alternativas para ajudar quem precisa.

News – 8O Outdoor Social, negócio que foi criado para conectar marcas com o público das favelas e aquecer a economia local, iniciou em 2012 uma iniciativa onde o morador recebe para tornar o muro de sua casa um outdoor para anúncios publicitários, fazendo com que a população local tenha contato com as marcas.

Institucional – “É uma forma de mostrar ao mundo o poder de consumo da região e possibilitar uma renda extra aos expositores, que são domiciliados locais”, explica Emilia Rabello, fundadora do Outdoor Social, pioneiro no segmento em favelas.

Magia para empresa ganhar dinheiro urgenteAgora, com o intuito de amenizar os impactos socioeconômicos nas favelas com a estagnação das doações no momento mais grave da pandemia, o Outdoor anunciou que destinará cestas básicas para o G10, bloco das 10 maiores favelas do Brasil, a cada painel de publicidade instalado nas comunidades durantes os meses de abril e maio.

Fonte: https://exame.com/brasil/como-os-muros-das-comunidades-geram-cestas-basicas-para-as-favelas/



Fonte



Os comentários estão encerrados.