‘Fica gostoso juntar, mesmo que de longe’ é o manifesto da Yoki
abril 26, 2020
televisão Publicidade Mercado 2020 Evolução do tamanho e da parcela da indústria até 2025 por Relatório de pesquisa sobre insight de crescimento, desenvolvimento chave, tendências e previsões
abril 27, 2020
Show all

conheça todos e suas vantagens

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Existem diversos maneiras de organizar e gerir um projeto e a verdade é que cada uma se adequa a necessidade e adaptação do gerente do projeto e/ou das pessoas envolvidas. 

Pensando nisso, nós trabalhamos dentro do iClips com alguns dos modelos de dashboard de atividades mais utilizados, que alinhados a metodologias ágeis podem otimizar seu trabalho e fazer com que sua equipe tenha organização e resultados consistentes.

Hoje o objetivo é mostrar como cada um dos dashboards funcionam dentro do software e quais seus diferenciais, por isso fique conosco e entenda mais sobre a utilização do Kanban, blocos de atividades, listas e Gantt.

Vamos lá?

Por que diferentes modelos de dashboards?

Sabemos que existem diferentes maneiras de gerir um projeto e os envolvidos se adaptam de maneiras diferentes, mas quando falamos em dashboard de atividades, precisamos trazer o conforto para usuários de diferentes perfis, pois existem aqueles que não conhecem ou não são familiarizados com um sistema de organização, mas possuem profundo conhecimento a respeito de outro.

E pensando na adaptabilidade dos usuários, optamos por esses quatro modelos que assemelham às práticas da atualidade.

Vamos a cada um deles agora!

1. Visão em blocos

Uma visão clássica que acompanha o iClips ao longo do tempo, a visão em blocos nos mostra as atividades de maneiras categorizadas, como as atividades sem responsáveis, as atrasadas, as que possuem o prazo de entrega para hoje e as que não possuem nenhum deadline para entrega. 

Essa visão nos mostra um espaço de tempo reduzido, entre o que está atrasado, as atividades diárias e atividades que faltam responsáveis ou datas, sendo perfeito para quem gosta de ter um controle do que está acontecendo no exato momento e dando a possibilidade de ver mais detalhes através das listas.

Podemos considerar a visão em blocos uma visão neutra e que muitas pessoas irão se familiarizar de primeira!

2. Lista

A lista mostra todas as suas atividades juntas e em ordem crescente do número do job ou ordem alfabética, fica a seu critério. Seu diferencial é a possibilidade de ter informações a respeito de todas as tarefas, sejam elas tarefas não planejadas, planejadas, em andamento, aguardando aprovação ou finalizada.

Dentro do dashboard de listas você também encontrará uma opção completa para filtrar as atividades, ideal para se organizar e encontrar as opções corretas.

Se você tem um perfil centralizador e prefere ter todas as informações a sua disposição, a lista pode ajudar muito no controle de execução além de ter a noção completa de prazos, responsáveis e poder interagir inserindo comentários ou analisando o layout inserido em algumas tarefas. 

3. Diagrama de Gantt

Diagrama de Gantt

Utilizando barras que representam a linha do tempo de cada etapa, esse tipo de visualização permite que você tenha uma visão clara do tempo estimado para cada atividade e qual o seu prazo final de entrega. 

Portanto se você tiver um trabalho que progredirá como uma sequência de itens ou tarefas, será o caso de utilizar do Diagrama de Gantt para o acompanhamento da tarefa. 

Uma ótima forma de gerenciar seus projetos e encontrar momentos livres em sua agenda ou de seu time, pois filtro máximo personalizado para exibição no Gantt é de 6 meses. Etapas atrasadas ficam com uma bolinha vermelha no canto esquerdo, para que você saiba o que priorizar.

Um gráfico de Gantt tem muito valor se você estiver lidando com

  • Tarefas que dependem umas das outras;
  • tarefas que precisam fazer uso de recursos físicos limitados;
  • tarefas que precisam fazer uso de conjuntos de habilidades únicas e limitadas;
  • todo o valor é obtido no final do projeto.

A natureza de um gráfico de Gantt é permitir que você conecte todas suas tarefas para poder visualizar os caminhos críticos e restrições de recursos, essas são todas as coisas que você tenta eliminar ao desenvolver projetos de maneira ágil.

4. Kanban

Um dos modelos de gestão de projetos mais utilizados hoje em dia, pois o Kanban está muito atrelado ao modelo de bussiness agillity, que se refere à maneira de aumentar a efetividade da empresa por meio de um modelo ágil de trabalho.

E qual a relação desse modelo com o Kanban?

O Kanban, diferente do Gantt, se trata de um sistema de controle e gestão do fluxo de produção para projetos, de maneira ágil e que utiliza da gestão visual, através de post-its ou cards virtuais, em razão do uso de cores como sinalizadores de etapas do projeto e isso nos traz a ideia de diferentes projetos em execução mas de escopo aberto, onde é possível alterar o escopo do projeto antes, durante ou depois de sua execução — dando agilidade a quem utiliza.

Podemos dizer então que projetos com tendências de atualizações constantes, como um MVP, são indicados para serem trabalhados no modelo de Kanban, ou então projetos com um workflow transparente e que buscam avançar por meio de atividades completas.

Afinal, qual modelo você deve utilizar?

Como dito logo no inicio do texto, a razão de disponibilizarmos quatro tipos de dashboards para gestão de atividades dentro do iClips é de fornecer adaptabilidade dos usuários, deixando a seu critério a escolha de qual modelo se adequa mais ao seu processo de trabalho.

Para saber qual se adequa à sua maneira de trabalhar, sugerimos a utilização de todos por um período de tempo a fim de se familiarizar com a visão, o dashboard e a rotina em cada em seus projetos.

E caso haja dúvidas a respeito do funcionamento, temos uma central de ajuda com artigos valiosos a respeito 



Fonte



Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


Lima & Santana Propaganda

Os comentários estão encerrados.