conheça 14 motivos para vender pela internet

ALE pede informações sobre licitação de agências de publicidade
abril 30, 2020
Consumidores esperam que marcas usem a publicidade para mostrar como estão enfrentando a …
maio 1, 2020
Show all

conheça 14 motivos para vender pela internet

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Muitos brasileiros têm vontade de empreender, mas não sabem muito bem por onde começar.

Algumas ideias de negócio surgem e iniciam-se as pesquisas. Se você é uma dessas pessoas com veia empreendedora, provavelmente se deparou com a possibilidade de vender pela internet em suas buscas.

O comércio digital vem movimentando cada vez mais o varejo brasileiro.

Em 2019, o faturamento do e-commerce brasileiro foi de R$ 61,9 bilhões, de acordo com dados da Ebit|Nielsen. Nesse cenário, as vendas online podem ser uma boa forma de empreender.

Além disso, em um contexto global de crise, como é o caso da pandemia do novo coronavírus, o e-commerce tem se mostrado como uma saída para empresas que já estavam no mercado com lojas físicas e também para novos empreendimentos que estão surgindo.

Se você considera ser dono do seu próprio site de vendas, mas ainda está em dúvida sobre a operação na prática, apresentamos 14 motivos para você vender pela internet.

Vamos a eles? 

1. As pessoas já estão online

De acordo com o estudo Digital 2020, o Brasil tem 71% de sua população conectada à internet. Esse percentual diz respeito a 150,4 milhões de pessoas!

Outro hábito dos consumidores que pode beneficiar aqueles que decidirem empreender com vendas na internet é o de pesquisar por produtos online antes de comprar.

A mesma pesquisa citada indica que 89% dos brasileiros entre 16 e 64 anos têm esse costume. Já imaginou se você tivesse uma loja virtual e ela fosse encontrada bem nesse momento?

2. O consumidor gosta da praticidade do comércio digital

Além de o público estar online, cada vez mais gente tem começado a comprar pela internet. A pesquisa Webshoppers 40 aponta que, apenas no primeiro semestre de 2019, 5,3 milhões de pessoas fizeram uma compra em um e-commerce pela primeira vez em nosso país.

Ademais, em momentos em que não podem sair de casa, como, por exemplo, no período de quarentena, essa forma de consumo pode ser muito prática.

Para se ter uma ideia, em março de 2020, primeiro mês do isolamento social, as vendas online de pequenas e médias empresas cresceram 140%, conforme dados da Nuvemshop.

3. Ao empreender com vendas online, seu alcance geográfico é enorme

Quando você decide vender pela internet, seu alcance é bastante grande. Isso porque pessoas de várias regiões poderão acessar seu site.

Você será capaz de vender não apenas para clientes da sua região, mas também de todo o Brasil e também do mundo.

Se compararmos com o alcance que uma loja física teria, o e-commerce acaba tendo grande vantagem.

Isso porque, por meio dos Correios e de transportadoras, é possível levar as mercadorias a todas as partes.

4. Você pode trabalhar em horários flexíveis e de onde quiser

Outra vantagem de empreender com vendas online é a flexibilidade do trabalho. Além de ser seu próprio chefe, você pode realizar suas tarefas no horário que preferir e onde estiver. É possível trabalhar até mesmo de casa.

Do outro lado, sem que você precise ficar pessoalmente à disposição o tempo todo, o consumidor pode comprar quando quiser — 24 horas por dia, sete dias por semana.

Dessa forma, você não perde vendas por estar fechado, mas também não precisa trabalhar a todo momento.

5. Os custos para operar online não são tão altos

Em comparação com a abertura de um estabelecimento físico, os investimentos ao criar uma loja virtual, bem como sua manutenção, são mais baixos.

Você não vai precisar pagar aluguel, pois pode começar de casa. Além disso, como pode começar sozinho, como MEI, não será necessário pagar o salário de funcionários em um primeiro momento.

Basicamente, seus gastos serão com a compra das mercadorias, com os custos de manutenção do seu site e com as campanhas que você vai estabelecer em seu plano de marketing.

Se formos comparar com outra modalidade de vendas, como as que o empreendedor faz entregas pessoalmente, os custos com transporte também podem ser evitados com uma loja virtual.

Pensando nesse exemplo que citamos, é possível até mesmo vender comida pela internet por meio de um e-commerce.

6. Empreender com uma loja virtual é fácil

Apesar de parecer complexo ter sua loja virtual, dependendo de como esse processo for feito, ele é muito simples.

Com o serviço de uma plataforma de e-commerce você será capaz de criar seu site de vendas mesmo sem experiência.

Com esse tipo de plataforma, você poderá escolher o layout do seu site, carregar os produtos e fotos de forma intuitiva, sem precisar lidar com nenhum tipo de programação.

Além disso, com poucos cliques, você será capaz de integrar meios de pagamento e de envio ao seu e-commerce.

Depois de criada a loja virtual, a gestão dos pedidos também é realizada facilmente por meio de um painel. Isso vai liberar tempo para que você possa focar em sua estratégia de vendas e na organização para o envio das mercadorias.

7. Você simplifica seus canais de atendimento

Ao empreender por meio do seu site de vendas, você também simplifica o atendimento aos clientes. Eles poderão entrar em contato com você por meios simples e instantâneos.

Na própria loja virtual você pode disponibilizar o chat online, por meio do qual um visitante pode enviar uma mensagem no momento em que estiver interessado por um produto.

Além disso, você pode disponibilizar as redes sociais da sua marca como outro canal para seus potenciais clientes tirarem dúvidas.

Assim, eles utilizam uma ferramenta que já acessam diariamente também para falar com você, simplificando o processo.

8. Você tem mais segurança para seu negócio

Ao vender online, você garante mais segurança para seu negócio. Ao contrário de uma loja física, você não precisa ficar exposto na rua até altas horas.

Além disso, você não vai lidar com dinheiro em espécie, uma vez que todas as transações são realizadas por meios digitais, como boletos bancários e cartões de crédito.

Por fim, como as encomendas são enviadas pelos Correios ou outras transportadoras, não é necessário ter contato direto com desconhecidos, como acontece às vezes com vendas realizadas por redes sociais.

9. É simples utilizar a prova social online

Por meio do seu site, você consegue utilizar a prova social para conquistar mais clientes. Isso significa que você pode exibir depoimentos, fotos e avaliações de consumidores satisfeitos com seus produtos.

Esse tipo de prova tem o poder de convencer os visitantes de um e-commerce de que os artigos são realmente bons e que a loja é confiável.

Afinal, aqueles relatos mostram que outras pessoas aprovaram a experiência.

Além disso, você também pode usar seus perfis nas redes sociais para compartilhar postagens de clientes que publicaram fotos com as compras e marcaram sua conta. Tudo isso vai passar credibilidade aos potenciais consumidores.

10. Você pode criar senso de urgência e melhorar suas taxas de conversão

Outra vantagem das vendas na internet é a facilidade para criar urgência e melhorar as taxas de conversão.

No mundo do marketing, existem gatilhos mentais capazes de estimular a compra.

Alguns exemplos que você pode aplicar à sua loja virtual são:

  • mostrar o número de produtos ainda em estoque (um número baixo fará seu cliente ter mais pressa para comprar e garantir o dele);
  • ofertas com duração limitada de tempo;
  • novas coleções;
  • produtos recomendados por autoridades naquele nicho, como influenciadores digitais.

É claro que esse tipo de abordagem poderia ser feita por um vendedor em uma loja física. No entanto, boa parte dos clientes tende a rejeitar essa estratégia realizada pessoalmente, por considerá-la muito invasiva.

Na internet, pelo contrário, não haverá ninguém pressionando o visitante diretamente.

11. É possível combinar sua loja virtual com outros canais de venda

Quando falamos em e-commerce, podemos considerar diversas formas de comércio digital. Entre elas, estão a loja virtual, o marketplace e as redes sociais.

Quando você tem sua própria loja para vender pela internet, pode combinar todos esses canais de venda que citamos e controlar todos os pedidos pelo mesmo painel. Isso vai aumentar seu alcance e facilitar sua organização.

Dessa forma, você poderá, por exemplo, vender pelo Instagram, pelo Mercado Livre e pelo seu próprio site — e fazer o controle de tudo junto.

12. Facilidade de acompanhamento de métricas

A internet é um território que permite que as ações dos usuários sejam monitoradas. Dessa maneira, ao vender online, você poderá acompanhar indicadores-chave de performance (KPIs) para seu e-commerce.

Esses indicadores podem ser:

  • taxa de conversão (CVR): indica o total de vendas dividido pelo número de visitas ao site;
  • taxa de rejeição: porcentagem de usuários que saem do seu site que saem dele sem realizar nenhuma ação. Esse número pode ser checado no Google Analytics;
  • ticket médio: valor médio das compras realizadas em seu e-commerce.

Informações desse tipo podem gerar insights valiosos para que você reveja aspectos importantes da sua estratégia e possa melhorar os números do seu negócio

13. Personalização da experiência dos clientes

Na sua loja virtual, você consegue oferecer uma experiência personalizada a cada visitante. Isso significa que, com aplicativos especializados, é possível identificar preferências das pessoas por meio de dados de navegação delas.

Assim, você vai conseguir exibir para ela uma vitrine personalizada, com os produtos com os quais ela pode ter mais identificação.

Isso vai causar uma impressão positiva no cliente, pois a loja mostrará que o conhece. Assim, as chances de que aquela pessoa realize uma compra aumentam.

14. Simplicidade na análise da concorrência

O último aspecto sobre as vendas online que destacamos como vantagem é a facilidade para realizar a análise da concorrência.

Assim como você, seus competidores também estarão online, o que tornará muito mais simples que você avalie o que estão fazendo.

Acessando seus sites e perfis nas redes sociais, você poderá observar os produtos oferecidos, preços, conteúdos publicados, além dos comentários e avaliações dos clientes.

Desse modo, você pode enxergar espaços em que pode ganhar deles e também aspectos nos quais precisa melhorar para alcançá-los.

Tudo certo?

Esperamos que, com este artigo, você tenha entendido um pouco melhor alguns aspectos relacionados a empreender com vendas na internet.

Apesar de todas as vantagens, assim como qualquer outro tipo de negócio, o comércio digital vai exigir muito trabalho. Para que sua loja virtual tenha sucesso, você vai precisar estudar muito e definir suas estratégias com cuidado. Todavia, com dedicação, é possível atingir ótimos resultados!

Então, está pronto para começar a empreender com uma loja virtual?

Informações da autora

Victoria Salemi é a editora responsável pelas parcerias de conteúdo da Nuvemshop, a maior plataforma de comércio digital da América Latina, com mais de 30 mil lojas ativas. Formada em Jornalismo, ama escrever e tornar assuntos complicados acessíveis a todos!



Fonte



Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


Lima & Santana Propaganda

Os comentários estão encerrados.