Como escalar produção de conteúdo: 10 táticas infalíveis!

Como estruturar seu Planejamento Comercial para 2021
setembro 14, 2020
o que é, benefícioss e como fazer? [2020]
setembro 17, 2020
Show all

Como escalar produção de conteúdo: 10 táticas infalíveis!

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Não importa qual seja a sua área de atuação, se você deseja se destacar na web, em algum momento precisará escalar a sua produção de conteúdo, seja para atender a sua própria demanda, seja por pressão da concorrência.

Essa é a hora em que as empresas amadurecem a sua estratégia de Marketing de Conteúdo, tendo em vista que a produção de materiais em escala requer uma gestão muito bem estruturada para garantir os resultados esperados.

O princípio de tudo, porém, continua sendo o bom planejamento, e neste artigo esmiuçamos esse assunto para ajudar a sua empresa a expandir sua presença na internet. Confira o material que preparamos!

O que é uma produção de conteúdo escalável?

Escalar a produção de conteúdo não se resume a aumentar o número de publicações. É atender melhor a sua persona, disponibilizando o máximo de materiais para educá-la, auxiliá-la e orientá-la ao longo da sua jornada de compra.

Dessa forma, não faz sentido simplesmente disparar uma enxurrada de publicações apenas para aumentar o volume de conteúdos do seu blog.

Ter um alto padrão de qualidade é essencial, uma vez que as ferramentas de busca estão comprometidas em entregar resultados relevantes aos usuários e os consumidores estão cada vez mais atentos e exigentes.

Além disso, não podemos nos esquecer de que blog posts, infográficos, vídeos, ebooks e materiais interativos fazem parte de uma grande estratégia de marketing.

Isso significa que cada uma das suas postagens deve ter um papel no seu planejamento e é isso que fará com que seu blog cresça de maneira coerente.

Por que escalar a produção de conteúdo do seu blog?

Se a prioridade da produção de conteúdo é a qualidade, por que deveríamos nos preocupar com a quantidade? Afinal, qual é a frequência de postagem ideal para que um blog tenha sucesso na internet?

Essas dúvidas são muito comuns e até um tanto polêmicas. Não é preciso vasculhar muitos sites para se deparar com discussões quentes sobre o assunto.

O que podemos dizer é que a quantidade realmente importa, sobretudo quando o assunto é construir autoridade na web, mas não há como definir uma média ideal de publicações, pois não há.

Salvo em buscas muito específicas (long tail), os conteúdos que rankeiam na primeira página dos resultados de pesquisa geralmente pertencem a domínios que contam com um volume considerável de publicações.

Dito isso, fica claro que escalar a produção de conteúdo é fundamental para ter bons resultados com tráfego orgânico, mas é a qualidade dos seus conteúdos e a eficácia da sua estratégia que levarão a sua marca ao topo.

O que não deve ser feito de forma alguma é pecar pelo excesso, o que, nesse caso, significa saturar a sua produção, perdendo o foco e o padrão das suas publicações.

Quais são os principais benefícios de publicar conteúdos em escala?

Listamos a seguir as principais áreas beneficiadas pela produção de conteúdo em escala e destacamos as vantagens que esse tipo de estratégia pode oferecer ao seu empreendimento, independentemente do seu ramo.

Confira!

Brand awareness

Brand awareness, ou consciência de marca, é a medida qualitativa de quanto e como a sua marca é lembrada por seus consumidores ou é atrelada a uma solução dentro de determinado setor.

No Marketing Digital, mais precisamente no SEO, o brand awareness se manifesta de outra maneira. São as marcas que surgem com mais frequência nos resultados de pesquisa de determinado assunto que chamam mais atenção.

O consumidor entende que a empresa tem conhecimento naquela área e provavelmente tem as respostas de que ele precisa.

Você já deve ter percebido que a Rock Content está presente na maioria (se não em todas), as suas buscas relacionadas a Marketing de Conteúdo. Isso deixa claro qual é a nossa especialidade e faz com que nosso blog seja uma referência na área.

Exemplo de brand awareness

Sendo assim, quanto mais conteúdos a sua empresa for capaz de rankear, mais a sua marca será reconhecida em sua área. O ganho em autoridade é um dos principais frutos de um bom trabalho de brand awareness.

Autoridade

Embora o Google não esclareça o fato o detalhes, resultados observados por empresas em todo o mundo, inclusive pela Rock Content, deixam claro que uma boa estruturação dos conteúdos é essencial para o SEO.

Esse tema foi estudado a fundo pela HubSpot, que criou a famosa técnica topic clusters.

Basicamente, a ideia é agrupar os conteúdos em grandes temas, nos quais um conteúdo principal amplo (chamado de post pilar) é “orbitado” por posts mais específicos que abordam tópicos do post pilar (os chamados posts satélite).

No vídeo abaixo, o André Mousinho explica como essa técnica ajuda a Rock a conseguir os primeiros lugares para diversas palavras-chave relacionadas ao Marketing Digital.

Esse fato deixa claro que até mesmo um conteúdo completo e excepcional depende de outros conteúdos de qualidade para obter resultados expressivos.

Além da desejada conquista dos primeiros lugares nas buscas por palavras-chave de ampla concorrência, o fato de sua empresa abordar com maestria um tema como um todo contribui fortemente para a autoridade dela.

Experiência do usuário

Todo profissional de Marketing Digital precisa estar focado na experiência do usuário. Por isso, estamos testemunhando mudanças importantes nas diretrizes do Google que já estão fazendo sites do mundo inteiro se adaptarem.

Nesse aspecto, vamos além do conteúdo em si, providenciando melhorias em termos de navegação, conforto e usabilidade.

Observe que uma busca leva a outras e o próprio aprofundamento oferecido por um post pode levantar questões mais específicas.

Esse é mais um dos benefícios dos topic clusters, uma vez que a sua empresa se antecipa e passa a entregar tudo o que a sua persona pode vir a procurar dentro de um mesmo assunto.

Vale destacar que a boa navegabilidade também contribui para a varredura dos robôs dos motores de busca e aumenta o tempo de permanência do seu público no seu site.

Dados de mercado

Com a chegada próxima da Lei Geral de Proteção de Dados no Brasil, as discussões sobre o tema ganham manchetes em todo o país.

No entanto, esse é um caminho sem volta e, embora as empresas sejam obrigadas a lidar com novas exigências no gerenciamento dessas informações, as possibilidades que elas oferecem continuam sendo essenciais para o sucesso das estratégias.

A maioria das operações de Marketing Digital usa direta ou indiretamente dados de usuários, sendo essa uma das maneiras mais eficazes de compreender o comportamento deles.

No contexto deste artigo, porém, o que merece ser destacado é que cada peça de conteúdo que você publica pode ser uma oportunidade de entender melhor o seu público e atendê-lo com mais eficiência.

Nesse sentido, ao escalar a sua produção, você também tem a chance de enriquecer suas análises de mercado, fazer testes mais precisos e otimizar seus resultados.

Esses benefícios podem ser ampliados com o uso de conteúdos interativos, como quizzes, questionários e calculadoras, uma vez que eles estimulam o usuário a realizar um número muito maior de interações.

Como escalar a produção de conteúdo? 10 táticas para você aplicar!

É hora de turbinar a sua estratégia de Marketing de Conteúdo. A seguir, trazemos 10 táticas para você escalar a sua produção com sucesso!

1. Estruture seu processo de produção de conteúdo

Antes de tudo, é importante entender como toda a operação de criação se desdobra. É preciso “quebrar” esse trabalho nas diversas fases que o constituem e desenhar um processo de modo que toda a atividade possa ser orquestrada com precisão.

Ao escrever um post, por exemplo, é muito comum que empresas iniciantes entendam essa atividade apenas como o “ato de redigir um texto”. Entretanto, sabemos que a criação de um conteúdo profissional envolve diversas etapas, como:

  • pesquisa de palavras-chave;
  • criação de pauta;
  • redação;
  • revisão;
  • design;
  • postagem.

Os principais objetivos de documentar as etapas incluem entender como a sua produção funciona de fato, controlá-la com maior precisão e facilitar a delegação de responsabilidades, o que é essencial para viabilizar a escalabilidade.

Processo de produção de conteúdo

2. Desenvolva um guia de estilo

Gestores habituados a criar conteúdos por conta própria ou que já têm um ou mais profissionais de confiança há muitos anos, costumam ter receio de contratar novos produtores ou terceirizar o serviço por medo de que suas expectativas não sejam atendidas.

No entanto, conforme o seu blog cresce, você precisará aumentar a sua equipe, e, para evitar desavenças e garantir a continuidade dos padrões da marca, é fundamental que os profissionais estejam muito bem alinhados com o projeto.

Assim, um recurso essencial para garantir o padrão de qualidade nos conteúdos produzidos para a sua empresa é o guia de estilo.

Esse documento deve funcionar como um manual detalhado cujo principal objetivo é orientar as pessoas que atuam nos canais de divulgação da sua empresa e padronizar a linguagem, o tom de voz e a estrutura das peças criadas.

É nesse material que você deixará claro para colaboradores e prestadores de serviço o que espera desse trabalho. O ideal é que ele não seja tão básico a ponto de deixar muitas perguntas em aberto, mas também não seja demasiadamente rígido de modo a comprometer a liberdade criativa dos produtores.

É também recomendável criar manuais adicionais para atividades específicas, como planejamento, redação, design e desenvolvimento, para definir elementos mais técnicos.

Você pode conferir o guia de estilo da Rock Content para entender melhor do que se trata esse documento.

Guia de estilo Rock Content

3. Organize a sua produção de conteúdo

Criar posts de forma aleatória não é o caminho certo. Lembre-se de que uma das grandes propostas do Marketing de Conteúdo é educar a audiência e conduzi-la ao longo da jornada de compra, solucionando suas dúvidas e gerando valor.

É nesse momento que entra a metodologia Inbound Marketing, na qual os conteúdos são criados de acordo com o estágio em que o consumidor se encontra dentro do funil de vendas.

Alguns exemplos de formatos para cada etapa do funil são:

  • topo: blog posts, webinars, vídeos e materiais interativos em geral;
  • meio: blog posts, podcasts, infográficos, ebooks e quizzes;
  • fundo: cases, depoimentos, reviews e demonstrações.

4. Crie um calendário editorial

O calendário editorial nada mais é do que o planejamento cronológico do seu processo de produção de conteúdo.

Tenha em mente que esse esquema é essencial para garantir o alinhamento das entregas e o cumprimento de prazos de publicação, sobretudo quando gerenciamos projetos com muitos profissionais envolvidos.

O calendário permite que você tenha uma visão estratégica das suas ações de marketing na internet e evita problemas comuns, como canibalismo de palavras-chave ou “brechas” em determinados tópicos que podem fazer com que o público seja obrigado a buscar respostas em outro blog.

iClips

Seu calendário deve ter alguma flexibilidade para contornar imprevistos, mas a sua estratégia deve ser sólida. O ideal é que você planeje a sua produção no longo prazo, ou seja, considerando meses ou um ano.

Isso fará com que você cresça de maneira consistente e também dará maior segurança à equipe envolvida no projeto.

5. Aproveite os talentos da sua empresa

Aqui no Blog da Rock, você encontra posts de freelancers e convidados, mas também de toda a equipe interna da empresa.

Redatores internos

Essa prática é cada vez mais comum nos blogs corporativos e é uma ótima forma de agregar ainda mais autoridade a ele. Se a sua empresa conta com especialistas em determinadas áreas, isso pode ser uma oportunidade até mesmo em termos de SEO.

Os chamados atributos E-A-T (expertise, autoridade e credibilidade) estão entre as boas práticas recomendadas pelos especialistas do Google.

Não há total esclarecimento sobre seu impacto no rankeamento, mas, analisando o desempenho de muitos sites, podemos observar que o buscador dá sim prioridade a conteúdos cujos autores são especialistas no assunto em questão.

Entenda, porém, que, ao incorporar seus colaboradores como produtores de conteúdo, será preciso treiná-los para que entreguem bons materiais.

Em um produção de blog posts em escala, por exemplo, o ideal é que seus especialistas assinem os conteúdos principais e os posts satélites (mais numerosos) sejam elaborados por sua equipe de redação.

6. Contrate os profissionais certos

Já não é mais difícil encontrar bons profissionais no mercado. No entanto, não basta ser bom, é preciso encontrar as pessoas certas para o seu negócio.

Uma boa qualificação é fundamental, mas tenha em mente que um profissional especializado ou com experiência em projetos semelhantes ao seu pode agregar muito mais à sua marca.

É claro que encontrar produtores de alto nível não é tão simples quanto postar uma oferta em grupos nas redes sociais ― embora esse também seja um meio de encontrar candidatos. Será preciso vasculhar sites e blogs do seu setor e conferir suas postagens.

Quando um trabalho chamar a sua atenção, você pode entrar em contato para saber quem é o redator, o designer ou o desenvolvedor responsável e descobrir se ele está disponível.

Muitos têm perfis ou sites próprios, o que facilita o processo, mas não há nenhum problema em contatar o proprietário do site em questão para consultar a disponibilidade do profissional.

7. Recicle seus conteúdos

Se o seu blog já conta com conteúdos caprichados, fica muito mais fácil construir topic clusters. Você pode elencar os principais tópicos abordados no material e produzir posts específicos usando palavras-chave long tail. Dessa forma, você aumenta o alcance do seu conteúdo e fortalece seus posts principais.

Mas não para por aí. Se na sua estratégia atual você já conta com ebooks e grandes infográficos, por exemplo, é possível transformar essas peças em outras menores, como blog posts ou imagens para postagens em redes sociais.

Um mesmo conteúdo pode ser disponibilizado em diversos formatos — texto, vídeo, imagem ou material interativo. Observe que isso também contribui com a experiência do usuário, uma vez que ele tem a liberdade de conferir o seu material da maneira como achar mais conveniente.

Reciclar conteúdos

8. Engaje a sua equipe

A produção de materiais para a internet não é um trabalho puramente operacional. Um bom conteúdo depende não apenas da experiência e do treinamento do profissional, mas também da sua criatividade e do seu comprometimento.

É por isso que a sua empresa precisa desenvolver meios de manter uma comunicação saudável com sua equipe, oferecendo feedbacks construtivos e disponibilizando o apoio necessário. Essa é uma forma de reafirmar os valores da organização e motivar os profissionais para que continuem realizando um bom trabalho.

Na Rock, por exemplo, seus milhares freelancers contam com o suporte do time da Comunidade Rock Content, responsável por transmitir as informações da empresa e promover ações de apoio, treinamento e engajamento.

Há também o Community Space, uma rede social exclusiva no estilo fórum, onde toda a comunicação da empresa com seus prestadores de serviço acontece e os participantes podem discutir tópicos variados sobre a vida freelancer.

Community Space

9. Terceirize sua estratégia de Marketing de Conteúdo

Cuidar de todo esse trabalho não é uma tarefa fácil, e montar um time de qualidade pode tomar um tempo que você não tem. A saída é terceirizar o processo, ou parte dele, transferindo essas responsabilidades para uma empresa especialista.

Isso não significa abrir mão do controle sobre o seu projeto, uma vez que a sua organização continuará participando do planejamento, da aprovação das peças e da análise de resultados.

Aqui na Rock, existem profissionais preparados para atender cada tipo de cliente, de acordo com o modelo de negócio e o porte da empresa.

A estratégia é revisada constantemente e o cliente participa ativamente de cada etapa do processo de produção, inclusive do gerenciamento do time responsável pelo projeto. Tudo isso com o apoio de equipes de suporte e customer success.

Grandes clientes da Rock
Grandes clientes da Rock

Ao terceirizar esse serviço, você libera a sua empresa das grandes tarefas que envolvem a execução de uma estratégia de Marketing de Conteúdo, sem perder o controle da operação.

10. Invista em boas ferramentas

Muitas ferramentas podem ajuda no desenvolvimento desse trabalho, que, convenhamos, não é tão simples quanto parece.

Além das plataformas de planejamento de SEO, como Google Trends, Keyword Planner e SEMRush, e do conjunto indispensável de soluções para empresas, como CMS, CRM e analytics, você vai gostar de usar plataformas para gerenciar suas atividades.

Na Rock, os projetos são executados dentro da Rock Studio, um espaço organizado no qual toda a gestão da estratégia de Marketing de Conteúdo das empresas é centralizada e organizada dentro de um fluxo de trabalho.

O iClips, por sua vez, é um software focado na gestão de agências. Ele integra diferentes departamentos dentro de um mesmo ambiente, otimizando o trabalho das equipes e garantindo muito mais controle nas atividades.

Vale destacar que seu formato e suas funcionalidades são extremamente úteis especialmente para agências que estão atuando em home office.

Kanban iClips

Para quem deseja ampliar o seu leque de conteúdos com peças interativas, a escolha certa é Ion, uma plataforma completa para a criação de quizzes, questionários, calculadoras, lookbooks, landing pages, mapas, gráficos e muito mais.

Nela, o usuário também conta com diversas funções de gestão, pesquisa e análise de resultados, tudo gerenciado a partir de uma interface intuitiva.

Ion Rock Content

O maior diferencial da plataforma é que ela realmente permite um crescimento escalável dentro dessa categoria de materiais, pois dispensa serviços de programação e webdesign. Uma vez dentro dela, é possível criar diversas peças em sequência de acordo com a demanda da sua estratégia.

Nossas dicas vão ficando por aqui e esperamos que com elas você tenha compreendimento melhor como funciona um grande projeto de Marketing de Conteúdo.

Não há dúvidas de que escalar a produção de conteúdo requer empenho das empresas, mas, felizmente, elas nunca contaram com tantos recursos para desempenhar esse trabalho com sucesso.

Já imaginou como o conteúdo interativo pode contribuir para o envolvimento dos seus clientes com a sua marca?

Que tal conferir isso de perto? Solicite uma demonstração da ferramenta Ion e saia na frente nessa grande tendência do Marketing Digital!



Fonte



Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


Lima & Santana Propaganda

Os comentários estão encerrados.