CEI da Publicidade não sai do papel

planilha gratuita com vídeo tutorial
setembro 12, 2019
como criar uma cultura customer centric
setembro 13, 2019
Show all

CEI da Publicidade não sai do papel

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Agência de Propaganda em Santos

O vereador Basílio Zecchini não conseguiu colher assinaturas suficientes para abrir  uma Comissão Especial de Inquérito (CEI). A ideia do vereador era criar uma CEI para investigar os gastos da Prefeitura de Bragança Paulista com publicidade.

Diante disso, ele informou, durante a 32ª sessão ordinária que, fará o encaminhamento de documentação para análise do Ministério Público e também do TCE-SP (Tribunal de Contas do Estado de São Paulo).

” Os documentos contêm indícios de empenhos que ultrapassam os valores permitidos em lei, por isso farei o encaminhamento desse assunto e de qualquer outro que tenha indício de irregularidade”, pontuou o vereador Basílio.

Bio – Para o vereador os valores contratados de publicidade pela Prefeitura superam os limites previstos pelo artigo 24 da Lei 8.666/1993.  Ele inclusive, em seu relatório, apresentou dados das contratações diretas por dispensa de licitação, de maneira fracionada. Teriam sido feitos 21 empenhos de publicidade.

Gerenciamento de redes sociais em Santos – Para ele, os documentos mostram que “ficou comprovado que os empenhos eram emitidos no valor máximo permitido para Compra Direta, pagas de forma parcelada e, que quando atingido o valor máximo da nota de empenho, era realizada uma nova contratação à cada fornecedor”, disse.

Rádio Corporativa – Basílio entende ainda que norma é clara quanto a vedação da inexigibilidade nos casos de publicidade.

Ainda durante sua participação na tribuna, o vereador também comentou a participação em audiência pública que discutiu o projeto de lei complementar 24/19, de autoria do Executivo. Este projeto propõe reorganização administrativa do município. Entre os pontos tratados está a criação da Secretaria de Comunicação.

“Observei alguns pontos e por isso farei o pedido de um parecer sobre a constitucionalidade e legalidade da matéria ao Departamento Jurídico da Casa, pois serão criados cargos técnicos para livre nomeação da Administração e entendo que o provimento devia ser por meio de concurso público”, disse.

Fonte: https://bragancaempauta.com.br/cei-da-publicidade-nao-sai-do-papel/



Fonte



Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


Lima & Santana Propaganda

Os comentários estão encerrados.