11 fatores para criar um site de sucesso

Flexibilizao na publicidade infantil tema de consulta pblica – Coletiva.net
fevereiro 14, 2020
Como escrever descrições de produtos para converter
fevereiro 14, 2020
Show all

11 fatores para criar um site de sucesso

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Criar um site e colocá-lo online é relativamente fácil. Existem milhares de ferramentas disponíveis gratuitamente que permitem que qualquer profissional ou empresa faça isso sem grandes conhecimentos sobre programação e design.

Mas, as diferenças, sem dúvidas, mostram a importância de investir na criação de um site. Customização de ferramentas, otimização para os mecanismos de buscas, qualidade do domínio, hospedagem, estratégia de Marketing de Conteúdo e até mesmo a segurança da navegação fazem parte do desenvolvimento de uma página eficientemente.

Quer saber quais elementos não podem faltar na criação de um site e quais as melhores estratégias e ferramentas para otimizá-lo? Descubra a seguir!

O que é um site de sucesso?

Segundo o siteInternet Live Stats, existem mais de 1,7 bilhões de site online neste momento, e, criar um site do zero e destacar-se nesse universo parece quase impossível, certo? Bom, de todos eles, apenas 200 milhões estão efetivamente ativos. Ainda assim, um desafio difícil de transpor.

Mas, a ideia de sucesso para um site não é bem essa, afinal, o negócio de uma empresa ou profissional dificilmente é concorrente direto e vende seus serviços e produtos para o mesmo público de todo esse montante de websites.

Um site bem-sucedido é aquele que atende os objetivos pelo qual ele foi criado, seja gerar engajamento com seu público, seja criar um canal de vendas na internet.

Dessa maneira, não importa o número de acessos que ele teve, se a ideia é aumentar as vendas do e-commerce, os indicadores de sucesso da sua performance serão, principalmente, os comerciais como volume de conversão, ticket médio das compras etc.

Para analisar se um site é bem-sucedido, portanto, é fundamental definir quais são seus objetivos, como ele integrará a estratégia deMarketing Digital da empresa e quais os resultados ele deve proporcionar para o relacionamento com os clientes.

Com base nesses dados, seu sucesso pode ser medido, assim como sua importância pode ser confirmada para a estratégia do negócio.

Qual a importância de um bom site para seu negócio?

Antigamente, quando um cliente precisava de um serviço, buscava contatos de empresas na Lista Telefônica, um catálogo que era entregue anualmente ou comprado em bancas de jornais que listava os negócios por áreas de atuação, ordem alfabética e região de atuação.

De certa forma, todos os concorrentes tinham as mesmas chances de serem encontrados pelos clientes, mas existiam algumas estratégias para que os nomes viessem listados primeiro, como criar nomes fantasia com as primeiras letras do alfabeto.

As listas telefônicas ficaram no passado, e, na atualidade, quando um cliente deseja procurar uma solução para sua demanda, dentre outros recursos, ele pesquisa por informações na internet.

Então, de forma simplista, o site da empresa é essencial para que ela seja encontrada por seu cliente.

Além disso, também pode ser explorado para:

  • ter informações sobre a empresa e seus produtos 24 horas por dia, semanalmente;
  • criar um canal de comunicação direta com o público-alvo do negócio;
  • ajudar no fortalecimento da autoridade da marca;
  • promover catálogo de produtos e serviços;
  • aumentar a visibilidade do negócio;

Mas, se na Lista Telefônica existiam poucas estratégias para se destacar, no World Wide Web, a otimização de websites e conteúdos é essencial para que uma empresa se destaque frente as demais.

Quais os 11 fatores indispensáveis para criar um site de sucesso?

Quando mencionamos otimização do site, a ideia não é restringir as estratégias no rankeamento dos conteúdos para os mecanismos de buscas, mas, principalmente, focar na satisfação e experiência dos potenciais compradores, os leads.

Portanto, pensando nesses dois elementos cruciais e nas novas tendências e desafios do mercado, podemos listar alguns fatores indispensáveis para criar um site bem-sucedido.

1. Ser objetivo

Ao criar um site, ele precisa ser objetivo na entrega do conteúdo, o que vale tanto para a navegação entre suas páginas, como também na forma como os conteúdos são apresentados.

Por isso, ele precisa ser fiel ao seu objetivo primário. Existem alguns formatos que um site pode seguir, dentre eles, podemos citar:

  • institucional;
  • portfólio de produtos;
  • plataforma de conhecimento;
  • e-commerce;
  • canal de relacionamento com o cliente;

Com esses direcionamentos, a navegação do site pode ser mais objetiva ao criar um fluxo simples e intuitivo para o visitante, assim como as informações apresentadas, que trarão os elementos determinantes para a evolução do lead em sua jornada de decisão

2. Oferecer responsividade na versão mobile

De acordo com a30ª Pesquisa Anual de Administração e Uso de Tecnologia da Informação nas Empresas conduzida pela Fundação Getúlio Vargas em 2019, existem mais de 230 milhões de smartphones em uso no Brasil, e é indiscutível a importância e essencialidade desse aparelho no cotidiano das pessoas, não é mesmo?

Por isso, ao criar um site, planejar seu layout e conteúdo, é primordial que ele possa ser consumido em diferentes tamanhos de tela com uma experiência agradável e adaptada a sua demanda.

Ao acessar o site pelo notebook, além do tamanho da tela, as características do aparelho também influenciam na forma como o conteúdo é consumido, seja seus recursos de som, capacidade de navegação e até mesmo aplicativos instalados que permitem acessar formatos diferenciados.

Por isso, ao criar um site responsivo, é preciso considerar quais recursos são mais relevantes para o cliente que acessa o conteúdo por aquele mecanismo, como uma consulta rápida de valores, link para acesso do endereço da empresa no aplicativo de trânsito etc.

3. Ser otimizado para os mecanismos de buscas

Aqui entram as estratégias que, diferentemente das empresas que tinham seus contatos nas páginas amarelas, podem ser aplicadas para privilegiar seus conteúdos em detrimento da concorrência.

São estratégias de SEO, ou Search Engine Optimization, aplicadas na estrutura do site, conteúdo e suas relações no ambiente da internet. Entre elas, algumas boas práticas são:

  • criação de estratégia para uma palavra-chave; 
  • otimização da URL, que é o endereço de navegação de páginas e conteúdos e precisa constar a palavra-chave da estratégia;
  • criação de link buildings internos e externos para gerenciar o tráfego de visitantes;
  • criação de um sitemap para diminuir o tempo de indexação de uma nova página do site e fazer com que ela seja identificada mais rapidamente nos mecanismos de buscas;
  • otimização de imagens, com descrições que facilitam sua identificação pelos mecanismos de buscas;
  • utilização das redes sociais para promover e engajar o público-alvo com o conteúdo do site;
  • atualização constante de conteúdos relevantes para os leads;
  • desenvolvimento de conteúdos escaneáveis e relevantes;

4. Ter um bom design criativo

Ao criar um site, é possível usar templates gratuitos oferecidos pelas plataformas ou investir em um design personalizado, o que permite que a empresa determine como será a experiência de seus visitantes.

Um bom design deve considerar a navegabilidade do site (em que o visitante não terá dificuldades em identificar onde estão as informações que precisa), deve ser responsivo, imprimir a identidade da marca, e, claro, garantir uma experiência única para seus leads.

5. Focar na experiência do lead

Uma boa experiência de uso para o usuário pode garantir sua conversão e fidelização. Para isso, é preciso considerar os elementos visuais do site, a arquitetura da informação para facilitar sua entrega e os conteúdos que o usuário realmente precisam.

Cores, design, imagens, vídeos e outros elementos visuais podem facilitar o entendimento da mensagem, assim como a criação de um calendário de conteúdo que seja relevante para o lead e sua jornada de aprendizado, consideração e conclusão da venda.

6. Ser veloz

A velocidade de um website deve ser compatível com a urgência do cliente em receber a informação necessária para sua decisão, pois, do contrário, ele vai buscar outra fonte para sua pesquisa, que pode ser na página do concorrente.

É preciso entender que existe uma oferta de conteúdo muito grande na atualidade e, uma vez que seu site tenha atraído o lead, precisa retê-lo até que ele compreenda seus diferenciais. Isso fica ainda mais crítico quando ele está na fase final de sua jornada de decisão.

7. Ter controle de cache habilitado

Pensando na performance do site, ter o controle do cache habilitado permite que o conteúdo da página não seja carregado do início toda vez que ele é consultado.

Com isso, se o usuário precisar voltar em sua pesquisa, não terá que esperar um novo carregando das informações, o que pode prejudicar sua experiência e agilidade em conseguir a resposta que procura.

8. Oferecer um chat para o visitante

Ao criar um site, é possível inserir uma opção de chat para atendimento e relacionamento com o cliente. Nesse canal, ele pode tirar dúvidas que vão influenciar diretamente na compra ou solucionar reclamações que poderiam afetar a imagem da empresa nasredes sociais, por exemplo.

A oferta de um chat aproxima o cliente e a empresa e soluciona a necessidade de um canal digital, o que muitos clientes usam na atualidade, não é mesmo?

9. Ter uma boa curadoria de conteúdos

Um site pode abrigar diferentes conteúdos, entre eles, postagens de um blog que podem ser construídas considerando o funil de marketing.

Nessa estratégia, assuntos e informações importantes para o lead são ofertadas considerando as diversas etapas de atração, consideração e conversão da venda.

Essa curadoria é feita relacionando as principais dores e dúvidas dos clientes, quais diferenciais são valorizados por eles, etc, e as postagens também são otimizadas com SEO para garantir uma boa experiência de leitura.

10. Criar call to actions alinhados com a estratégia

Call to actions, ou, chamadas para ação, são as estratégias que direcionam o que os visitantes e potenciais clientes devem fazer em suas interações com o site da empresa, ou seja, são determinantes para garantir que o objetivo do website seja conquistado.

Eles podem ser inseridos ao final das postagens do blog e links do site para convidar o cliente a avançar em seu relacionamento, seja lendo outro conteúdo que complementará sua nutrição de conhecimento, seja assinando a newsletter da empresa.

11. Ser autêntico

A ética também é muito importante na internet, por isso, ao criar um site, é fundamental usar conteúdos autênticos, colocar referências para conteúdos de terceiros e dar créditos para as imagens utilizadas.

Além de demonstrar o caráter da empresa, atitudes antiéticas são penalizadas pelos mecanismos de buscas, e, em vez de criar um site de sucesso, o negócio que toma essa decisão pode colher resultados bem aquém do almejado.

Então, essas dicas para criar um site vão ajudar a estratégia do seu negócio? No site da Hubify você vai encontrar um ótimo exemplo dessas boas práticas colocadas em prática e outras dicas para ter sucesso online.Acesse agora mesmo!

Conteúdo produzido pela Hubify.



Fonte



Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


Lima & Santana Propaganda

Os comentários estão encerrados.